29 de março de 2011

Votação no STF da ADIN 1923/98 está marcada para31/03/2011

Atenção! estamos tentando confirmar a audiência de amanhã, pois hoje estão suspensas as atividades do STF em função do luto oficial pelo falecimento do Sr José Alencar.

A divulgação será feita pelo email da Frente Nacional diretamente aos companheiros inscritos no grupo.

abraSUS!

A ADIN 1923/98 sobre a inconstitucionalidade das Organizações Sociais (OS) será votada no Supremo Tribunal Federal (STF) dia 31 de março (5ª feira).

A Frente Nacional contra a Privatização da Saúde tem tido um protagonismo nesta luta. Conseguiu-se 5500 assinaturas no abaixo-assinado, 316 assinaturas de entidades e a elaboração de um documento intitulado “Contra Fatos não há Argumentos que sustentem as Organizações Sociais no Brasil” com denúncias das OS em diversos estados.

Foram realizadas audiências com 04 dos 11 Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). A primeira foi com o Ministro relator da ADIN 1923, Ayres Britto, em 22/10/2010. Neste dia, foram visitados os gabinetes de todos os ministros e deixada a documentação (abaixo assinado, carta com assinatura das entidades e documento “contra fatos não há argumentos” com relação às OS) com os assessores e chefes de gabinete. Posteriormente, foram realizadas audiências com o Ministro Ricardo Lewandowski, com o magistrado instrutor do gabinete do Ministro Gilmar Mendes e com o Ministro presidente do STF, Cezar Peluso.

Precisamos nos organizar para ir a Brasília na quinta-feira (31/03).

Este é um momento importante na luta! A participação de todos os movimentos sociais e entidades é fundamental!

19 de março de 2011

O Projeto Políticas Públicas de Saúde FSS/UERJ e o Sindsprev/RS convidam você

15 de março de 2011

Enfermeiros de Sorriso repudiam entrada de Organizações Sociais na saúde pública

Fonte: Só Notícias (Jornal Virtual do interior do Mato Grosso)
Por Karoline Kuhn

Enfermeiros do Hospital Regional de Sorriso (unidade que atende pacientes de 15 cidades da região em sistema de consórcio) estão descontentes com as explicações que Secretaria Estadual de Saúde tem apresentado sobre a proposta em deixar as administrações hospitalares com Organizações Sociais. Em carta de repúdio, eles apontam que são "pífias explicações da Secretaria de Saúde do Estado para implantação das Organizações Sociais e alertamos a população neste documento. Não aceitamos que a classe trabalhadora seja responsabilizada e punida pela incompetência gerencial do Estado".
Leia o texto na íntegra


Leia o Manifesto dos trabalhadores aqui

6 de março de 2011

Estamos construindo o ato do dia mundial da Saúde

Companheiras e companheiros,
Nosso próximo encontro será no dia 15, terça-feira, depois do carnaval.
Venha
construir um grande ato para impedir a privatização da saúde!
Até Já!





2 de março de 2011

Ato contra aprivatização das emergências dos hospitais municipais!

Companheirada,
Está programada mais uma tentativa da Prefeitura do Rio para abrir os envelopes da licitação que visa a privatização das emergências dos hospitais municipais: Souza Aguiar (Centro), Salgado Filho (Méier), Miguel Couto (Zona Sul) e Lourenço Jorge (Barra) e de dois antigos Postos de Assistência Médica (Irajá e Del Castillo).

O Sindsprev convoca tod@s @s militantes do movimento contra a privatização da saúde para:

Ato na porta da sede da Prefeitura (Piranhão)

no próximo dia 04, sexta-feira, às 10h.

Sindenferj promove assembleias contra organizações sociais

A partir de março, o Sindicato dos Enfermeiros e entidades que representam os trabalhadores da saúde do Rio farão assembleias nos hospitais cujas emergências a Prefeitura pretende entregar às organizações sociais.
Saiba quais são as datas e os horários das assembleias. Participe!

Assembleias (a partir das 9h)

16/03 – Hospital Salgado Filho

21/03 – Hospital Souza Aguiar

22/03 – Hospital Lourenço Jorge

23/03 – Hospital Miguel Couto

1 de março de 2011